Conheça esses 4 métodos de coar café

O consumo crescente de variados tipos de grãos mostrou a necessidade de conhecer diferentes métodos de coar café. Usualmente, consumimos café espresso ou coado em filtro de papel usando um suporte plástico ou ainda o coador de pano. No entanto, torras e moagens diferentes requerem o uso de outros métodos de filtragem para que aromas e sabores se sobressaiam adequadamente.

Neste post, vamos falar mais sobre 4 métodos de coar café que fogem um pouco do tradicional. Continue a leitura e saiba mais!

1. Coador de cerâmica

Criado no Japão, o coador de cerâmica mantém a temperatura da água por mais tempo. Mas isso não significa que o café leve mais tempo para ficar pronto, pois o design do porta-filtro tem, em seu interior, linhas em vórtex que favorecem um fluxo rápido da água.

Assim, para usar esse coador, é recomendado fazer uma pré-infusão: no filtro umedecido com água quente, despeja-se o pó de café e, no meio dele, deve ser feito um furo, onde será despejada uma pequena quantidade de água. Uma vez que o café comece a gotejar pelo coador, despeja-se o restante da água.

O resultado é uma bebida mais ácida e com menos cafeína.

2. Coador de vidro

Um dos primeiros coadores de vidro criados é considerado uma peça de design: a Chemex. A peça de vidro e madeira utiliza, para coar o café, um filtro de papel cuja dobragem se assemelha a um origami.

Esse coador é capaz de manter a temperatura da bebida, devido à peça de madeira que funciona como um isolante térmico, e produz um café leve e limpo, de moderado amargor.

Há ainda coadores de vidro que se assemelham muito — tanto no processo como na bebida produzida — aos de cerâmica e também o filtro de vidro. Criado na Alemanha, o glass filter foi concebido para fazer uma xícara de café. Nele, o café de moagem grossa é coado por microfuros na base da sua estrutura. Em aproximadamente 4 minutos, o resultado é uma bebida encorpada e aromática.

3. Aeropress

Uma infusão de café é derramada dentro desse cilindro que coa a bebida pela pressão exercida por um êmbolo. Assim funciona a Aeropress, que mantém os óleos essenciais do café, resultando em uma bebida com a textura de um café coado com o aroma e sabor de um bom expresso.

O filtro de papel ou de metal, posicionado no final do cilindro, garante que a bebida, que é depositada diretamente na xícara, tenha poucos resíduos sólidos, sendo bem agradável ao paladar.

4. Sifão

Esse aparato que parece saído de um laboratório de química traz a fórmula perfeita para um café de corpo médio e alta acidez e doçura.

Composto por dois globos e uma fonte de calor, o sifão tem, na peça superior, um funil e um filtro, que pode ser de papel ou de pano, e funciona da seguinte forma: os dois globos são separados e, no inferior, é colocada a água que vai ser aquecida usando a fonte de calor; na parte superior, que contém o filtro, é despejado o pó de café. Os dois globos são encaixados e, à medida que entra em ebulição, a água sobe para o globo que contém o pó. Quando se retira a fonte de calor, o café retorna, coado e na temperatura ideal, para o globo inferior, pronto para ser servido.

Depois de conhecer métodos tão diferentes de coar café, que tal se aprofundar mais e descobrir como preservar os filtros da melhor forma? Isso pode fazer toda a diferença no sabor da sua bebida. Então não deixe de ler!

0
Connecting
Please wait...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Deixe um recado.

* Seu nome
* Email
* Mensagem
* Telefone
Vamos começar!

Precisando de ajuda? Economize tempo falando diretamente com nossos atendentes.

Seu nome
* Email
* Como podemos ajudar
Estamos online!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

Como foi o seu atendimento!

Pin It on Pinterest