Entenda a diferença entre sachê e cápsula de café

A praticidade de ter uma xícara do mais saboroso café na hora que quiser e ainda a possibilidade de ter doses individuais de sabores diferentes da bebida são apenas duas das razões para o sucesso das máquinas de café em cápsula. Mas qual é melhor: cápsula ou sachê?

Neste post, vamos conhecer mais sobre cada um, vantagens e desvantagens para enfim saber qual é a diferença entre sachê e cápsula de café. Continue a leitura e saiba qual é melhor para você ou para sua empresa!

Diferença entre sachê e cápsula de café

Conteúdo

Cápsulas

As cápsulas de café talvez sejam as mais populares, pois trata-se de um sistema que se difundiu de forma bem rápida e com enorme abrangência. Cada vez mais lares contam com uma dessas maquininhas, comuns também em escritórios e até em restaurantes.

As cápsulas trazem entre 5 e 8 gramas de café, e saiba que não há uma padronização quanto a isso ou mesmo relacionada à qualidade do grão. Nesse caso, é importante o consumidor se inteirar sobre cada marca de cápsula antes de adquirir a cafeteira, pois pode haver incompatibilidade entre máquinas e cápsulas de marcas diferentes.

Sachês

Os sachês vêm ganhando notoriedade desde que se tornou público o fato de que as cápsulas são feitas de material não reciclável (uma mistura de plástico e alumínio), tanto que o sistema já é proibido em alguns países da Europa. Feitos de material não poluente (papel), que leva apenas seis meses para se reintegrar ao ambiente, os sachês também têm a vantagem de sempre conter 7 gramas de café de excelente qualidade, pois seguem o padrão europeu de qualidade E.S.E. (Easy Serving Expresso), por um custo menor que o das cápsulas.

Extração e sabor

Cápsulas

A cápsula com o pó de café é submetida à pressão para extração da bebida, em um processo por vezes barulhento que resulta em um café encorpado e com espuma.

Sachês

O sachê é submetido a uma filtragem da máquina em um processo com menos ruído, mas, por outro lado, não resulta em uma bebida tão cremosa pelo fato de não haver grande pressão envolvida na sua extração. Esse sistema não permite alta pressão justamente pela natureza do material do qual é feito, que poderia se romper.

Custo x benefício

Por fim, há de se pensar no custo de se adquirir a cafeteira e também de mantê-la funcionando com os insumos apropriados.

Uma cafeteira para cápsulas tem custo médio, e usá-la com uma grande frequência pode representar um alto custo devido ao preço dos insumos. Dependendo do fabricante, inclusive, só é permitido comprar uma certa quantidade de refis por vez, o que pode ser inviável para muitos consumidores.

As cafeteiras de sachê são ligeiramente mais baratas e o preço dos sachês também costuma ser inferior ao das cápsulas. Nesse caso, deve-se lembrar de um pró e um contra muito fortes: a redução do impacto ambiental e o sabor não tão marcante do café extraído por esse sistema.

Há também a possibilidade de um investimento maior, unindo o melhor desses dois mundos e ainda mais uma vantagem: o uso de cafeteira híbrida, que permite utilizar cápsula, sachê e pó.

Agora que ficou bem clara a diferença entre sachê e cápsula de café, esperamos ter facilitado a sua escolha na hora de decidir qual opção é a melhor para sua casa ou mesmo para sua empresa.

Aproveite e continue lendo mais sobre máquinas de café neste post, que apresenta uma nova opção, as máquinas automáticas!

0
Connecting
Please wait...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Deixe um recado.

* Seu nome
* Email
* Mensagem
* Telefone
Vamos começar!

Precisando de ajuda? Economize tempo falando diretamente com nossos atendentes.

Seu nome
* Email
* Como podemos ajudar
Estamos online!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

Como foi o seu atendimento!

Pin It on Pinterest