Você sabe o que é a oxidação do café? Esse processo pode não apenas arruinar todas as características de aroma e sabor da sua bebida, como também aumenta muito as chances de o café causar azia.

Se você ficou curioso e quer saber mais sobre o processo de oxidação do café e como você pode evitá-lo, acompanhe-nos ao longo deste artigo e tire o melhor do seu café em termos de sabor, aroma e benefícios para a saúde. Confira!

O processo de oxidação e o café

Apesar de ser um elemento fundamental para a vida de maior parte dos organismos na Terra, o oxigênio também tem uma grande força destrutiva na natureza. É graças a ele que o portão do seu condomínio enferruja e a maçã escurece depois de cortada.

Quando uma certa variedade de metais ou matéria orgânica entra em contato com o oxigênio, ocorrem reações que alteram a estrutura molecular dessas substâncias. Esse processo é chamado de oxidação.

As moléculas de oxigênio retiram elétrons das outras moléculas, tornando-as instáveis. Essas moléculas instáveis, chamadas radicais livres, por sua vez, desencadeiam uma série de reações químicas responsáveis pelos processos de ferrugem de metais, bem como pelo escurecimento e depreciação de grande parte dos alimentos que consumimos, inclusive do café.

Imagine uma maçã: depois de cortada ao meio, ela rapidamente escurece e apodrece. Isso porque seu interior, antes protegido por uma casca oleosa, foi exposto à ação do oxigênio, o que rapidamente levou a fruta ao apodrecimento. A mesma coisa acontece com os grãos de café assim que são moídos, e ainda mais rapidamente depois do processo de infusão.

A garrafa térmica

Agora que você sabe o que é a oxidação do café, pode compreender porque os especialistas são unânimes em condenar o uso da garrafa térmica, sobretudo se o café já estiver adoçado.

Esse conselho tem como fundamento o fato de que os processos de oxidação do café duplicam de velocidade a cada 10°C acima da temperatura ambiente, que gira em torno de 25°C. Dessa forma, dentro da garrafa, a cerca de 50°C, a oxidação do café vai acontecer cerca de duas vezes mais rápido.

Além disso, uma vez preparado, o café começa seu processo de oxidação após 20 minutos. Guardado na garrafa térmica, estima-se que o café estará oxidado em cerca de uma hora.

O processo de oxidação, sobretudo na presença de açúcar, destrói os compostos responsáveis pelo sabor típico do café fresquinho, além do seu aroma característico. Outra reação indesejável é a transformação do cafesterol, substância presente na bebida, em colesterol.

Como evitar a oxidação

Embora seja difícil mudar a cultura de guardar café em garrafas térmicas (e mesmo reaquecê-lo), algumas mudanças simples podem ajudar você a consumir um café sempre fresquinho:

  • opte por cafeteiras italianas e prensas francesas. Esses dois modelos são bastante simples de encontrar e operar, e preparam café na quantidade certa, sem desperdício;
  • as máquinas de café em cápsulas também são interessantes, pois preparam diversas bebidas na hora e em porções individuais;
  • se possível, opte sempre por grãos moídos na hora, ou o mais recentemente possível;
  • guarde seu café, seja em pó ou em grãos, bem vedado e longe da umidade, da luz e do calor.

Gostou do nosso material? Agora que você já sabe o que é a oxidação do café, como ela afeta sua bebida e como você pode evitá-la, aproveite para dar uma olhada nesse artigo sobre como escolher um bom café!

0
Connecting
Please wait...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Deixe um recado.

* Seu nome
* Email
* Mensagem
* Telefone
Vamos começar!

Precisando de ajuda? Economize tempo falando diretamente com nossos atendentes.

Seu nome
* Email
* Como podemos ajudar
Estamos online!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

Como foi o seu atendimento!

Pin It on Pinterest