Você conhece mesmo o café queniano?

O Quênia, que é conhecido há anos como o berço dos melhores corredores fundistas, também brinda o mundo com uma das melhores bebidas que se conhece: o café queniano. Mas o que faz dele uma bebida tão especial? Por que ele é considerado um dos melhores do mundo?

Neste texto, você vai conhecer detalhes deliciosos sobre o café queniano. Confira!

Um pouco de história

Planta originária da vizinha Etiópia, o café foi explorado no Quênia primeiro pelos árabes, povo que deu notoriedade e dominou o cultivo do fruto e a infusão da bebida. Depois, com a chegada da colonização inglesa, a exploração mudou de mãos. Após a independência, ocorrida em 1963, o café foi se tornando o que é hoje, um dos maiores produtos de exportação do país.

Um pouco de geografia

Produzido em região montanhosa, de solo vulcânico, cerca de 2/3 do café queniano são garantidos por pequenos produtores. Eles se reúnem em cooperativas que permitem beneficiar e comercializar essa bebida tão cobiçada.

Além do solo, o clima da região montanhosa do Quênia, mais ameno e com sol forte, influencia na produção de um café extremamente saboroso.

Uma nota de sabor

Com seus recursos naturais únicos, o Quênia produz um café arábica de alta qualidade, de sabor forte, robusto e notadamente ácido, sendo essa última característica seu maior diferencial. Apresenta notas de frutas cítricas — como abacaxi e grapefruit — e de especiarias — como coentro e cacau —, tem corpo leve e um aftertaste marcante.

Uma boa dica para usufruir do complexo sabor desse café é prepará-lo usando a prensa francesa e, claro, degustá-lo puro, sem açúcar ou adoçante.

Algumas curiosidades

Essa joia do Quênia, que está entre os cafés mais caros do mundo, tem ainda algumas particularidades que você já vai saber:

  • há duas colheitas anuais do café queniano, geralmente em abril e outubro;
  • somente os frutos vermelhos, já maduros, são colhidos para se obter o melhor café;
  • os grãos passam pelo beneficiamento úmido, que garante maior qualidade ao produto final;
  • o café queniano é vendido segundo dois tipos de grãos: o AA, que é um grão de tamanho grande e chega a 20 milímetros, e o PB, que é um grão anômalo, nascido em uma “peça única”, diferente dos demais grãos compostos de duas partes;
  • especialistas acreditam que o café queniano PB apresenta sabor mais concentrado que o AA;
  • no Quênia, há um jeito diferente de se preparar o café, chamado kahawa chungu (café amargo, em tradução livre); a bebida é feita com o café moído na hora, canela e cardamomo, fervidos de 10 a 15 minutos; o resultado é uma bebida saborosa, amarga e extremamente aromática.

Se você ainda não teve a oportunidade de provar o café queniano, não perca tempo. Como pôde ver, trata-se de uma bebida especial, sem igual no mundo maravilhoso do café!

Mas, se você ainda não puder prová-lo, não é desculpa para não usufruir de um bom café. Saiba mais sobre como aproveitar ao máximo o sabor de um café de qualidade. Vale a leitura!

0
Connecting
Please wait...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Deixe um recado.

* Seu nome
* Email
* Mensagem
* Telefone
Vamos começar!

Precisando de ajuda? Economize tempo falando diretamente com nossos atendentes.

Seu nome
* Email
* Como podemos ajudar
Estamos online!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

Como foi o seu atendimento!

Pin It on Pinterest